jan 23

Dicionário de Vídeo de M – R

Spread the love

Neste artigo daremos continuidade ao Dicionário de Vídeo

Já falamos de F – L, agora iremos descrever  M – R :

M

Mensurabilidade

Fator chave no marketing digital. Permite quantificar dados, realizar estatísticas, monitorar e controlar o desempenho do produto, o mercado consumidor e os meios de produção e distribuição.

Metadados

Também chamados de Metainformação são definidos como “dados sobre os dados”. São muito importantes na administração de dados, pois é a partir deles que as informações serão processadas, atualizadas e consultadas. A maioria dos sites de compartilhamento permitem formas de metadados que podem ser utilizados para melhorar a sua mensurabilidade e a sua indexação. No caso do vídeo, os metadados mais comuns são informações sobre diretor, título, atores, resumo do conteúdo, crítica, data, fonte etc.

Microfone Boom

Muito comum em sets de filmes e de produções de TV. É um microfone projetado para ser usado numa haste ou braço (ver Boom Pole) e frequentemente utilizado quando o cinegrafista precisa amplificar determinados sons, como vozes, mas não quer o microfone no campo visual da filmagem.

Microfone de Lapela

Pequeno microfone que fica preso à lapela. Geralmente vem com um clipe para ser anexados a colares, gravatas, ou outras peças de vestuário. Muito utilizado em televisão, teatro e apresentações públicas a fim de manter as mãos livres.

Microfone Shotgun

Com formato semelhante a uma pistola, possui elevado direcionamento. São comumente usados em televisão e sets de filmagem, em estádios e para a gravação de programas de vida selvagem.

MiniDV Tape

Pequeno tape digital, compatível com camcorders, podendo gravar vídeos de alta qualidade.

Mixagem

Combinação de duas ou mais trilhas sonoras, já sincronizadas, para se obter uma única trilha. As trilhas podem ter sido gravadas ao vivo ou em estúdio e podem ser de diferentes instrumentos, vozes, locutores ou ruídos de plateia. Na mixagem, além do balanceamento dos volumes de cada instrumento que foi previamente gravado, há também o equilíbrio de timbres entre eles, feitos por meio de equalização, compressão e outros efeitos.

Mobile Video

Conteúdo de mídia que pode ser visualizado por meio de dispositivos móveis, como telefone celular ou tablets, possibilitando uma exposição ideal para as marcas anunciantes. Os formatos atuais para o Mobile Vídeo são 3GPP, MPEG-4, RTSP e Flash Lite.

Monetização de Video Online

Vídeos online que geram receita, por meio de táticas de monetização, como anúncios dentro e em torno do conteúdo do vídeo, vendas diretas de espaço publicitário ou taxas de download através da cobrança aos usuários para assistir ou baixar vídeos.

Monitoramento de Eventos

Tradução livre de Event Trackers é principalmente utilizado para monitoras os click-through, mas também monitora as interações dos espectadores com os anúncios.

Monopod

Suporte para câmara de vídeo, semelhante ao tripod, mas com uma perna apenas.

Montagem de Vídeo

Vídeo criado a partir de fotos com efeito de transição. Semelhante a um slideshow de fotografias, porém com um efeito de animação mais sofisticado.

Motion Graphics
Grafismo em movimento, numa tradução literal, o Motion Graphics consiste no uso de vídeo ou tecnologia de animação para criar ilusão de movimento ou de rotação. Muitas vezes é combinado com áudio para uso em projetos multimídia e exibidos através da tecnologia de mídia eletrônica, tais como o vídeo digital ou projeção digital.

mov
Formato de vídeo criado pela Apple para ser usado no QuickTime, o seu programa de multimídia.

MPEG
Sigla em inglês de Moving Picture Experts Group é um formato de compressão de áudio e vídeo mantido pela International Organization for Standardization. O formato é muito popular para a troca de vídeos na Internet. Pode ser reproduzido por quase qualquer player, contanto que o codec usado em sua geração esteja instalado.

MPEG-2

Padrão dedicado originalmente à televisão digital. O padrão descreve uma combinação de compressão para vídeo e áudio que permite armazenar e transmitir filmes usando a largura de banda e capacidade de armazenamento atualmente disponíveis. Este formato de compressão é usado para reduzir o total de informação armazenado dos elementos vídeo para um nível manejável.

MPEG-4

Formato que inclui a maioria dos recursos do MPEGs anteriores adicionando novas funcionalidades como o suporte ao VRML (estendido) para renderização 3D e suporte ao Gerenciamento de Direitos Digitais.

Multimídia

É a combinação, de pelo menos um tipo de mídia estática (texto, fotografia, gráfico), com pelo menos um tipo de mídia dinâmica (vídeo, áudio, animação).

N

Narrowcasting

É a disseminação de conteúdo para uma audiência específica e está alinhado com a segmentação e nichos de mercado. Diferentemente do Broadcasting que visa a comunicação de massa, o Narrowcasting mira bem seus alvos e preza pela construção de relacionamentos duradouros

NTSC

É o sistema de televisão analógico em uso nos Estados Unidos, Canadá e na maioria dos países da América (o Brasil, com sistema padrão PAL-M, é uma das exceções que não utilizam esse sistema). Recebeu o nome do National Television System Committee, a organização representativa do setor, responsável pela criação deste padrão.

O

Open Video

O Vídeo Livre é ao mesmo tempo uma comunidade e um movimento político. Na visão dessa comunidade, o vídeo online é uma mídia dinâmica que permite transmissão, arquivamento, remixe outras possibilidades de apropriação hoje não permitidas pelo principal modelo legal vigente. A luta do Open Video visa um futuro do vídeo mais descentralizado, diverso, competitivo, acessível, interoperável e inovativo.

P

P2 Card

Um tipo de memória de cartão para câmera de vídeo.

Page View

Número de vezes que uma página da Internet é acessada e visualizada em algum navegador. É um dos instrumentos mais importantes para medir a audiência de um site ou portal. Quanto maispage views uma página tem, maior a sua visibilidade na Internet. Uma boa estratégia para um maior número de page views é utilizar metadados que são adicionados no conteúdo HTML da página.

PAL

Sigla de Phase Alternating Line, cuja tradução significa Linha de Fase Alternante. É uma forma de codificação da cor usada nos sistemas de transmissão televisiva. O formato é dominante no Mundo, com exceção de parte das Américas, alguns países Asiáticos (que usam o NTSC), Europa de Leste e França (que usam o sistema SECAM, apesar de a maioria deles estarem em processo de adoção do PAL).

PAL-M

É a variação do sistema PAL, utilizada no Brasil. PAL-M é compatível com preto e branco na reprodução em formato nos dispositivos NTSC. Por isto se você comprar uma televisão americana que apenas pega o sistema NTSC receberá no Brasil imagem preto e branco.

Panorâmica (PAN)

Movimento em que a câmera gira ao redor de um eixo imaginário qualquer, sem deslocar-se, para mostrar um cenário. Este movimento pode ser horizontal ou vertical.

Pan Horizontal (PAN h)

Movimento horizontal da câmera, no tripé, sobre seu eixo, fazendo um semicírculo de até 180 graus, da esquerda para direita ou no sentido inverso.

Pan Vertical (PAN v)

Movimento também chamado de Tilt. A câmera movimenta-se de baixo para cima ou no sentido contrário.

Pay Per View (PPV)

Pagar-para-ver, sigla PPV, é um sistema no qual os que assistem televisão podem adquirir uma programação específica, a qual desejem assistir, comprando o direito a assistir a determinados eventos, filmes ou outros programas. A programação é vista ao mesmo tempo para todos os que a compraram, ao contrário de sistemas de vídeo em demanda, que permitem ao usuário do serviço ver a programação no momento que quiser.

Peer-to-peer

Numa tradução literal do inglês seria “par-a-par” ou “entre pares”. Às vezes chamada P2P, é uma tecnologia utilizada para o compartilhamento online de arquivos de diversos formatos (músicas, filmes, vídeos, textos) na Internet aberta ou em grupos restritos de usuários. Cada membro do grupo ou rede de usuários funciona como um nó e pode distribuir os arquivos para os dispositivos dos outros membros da rede.

Percepção da marca

É um conceito de marketing, também conhecido como Brand Awareness que permite investigar e quantificar o nível de conhecimento, sensibilização e atitude dos consumidores em relação à uma marca. Também são conduzidos estudos para medir o impacto da publicidade online em métricas de consciência da marca (branding).

Plano Americano (PA)

Tipo de enquadramento feito pelas lentes de uma câmera que mostra a imagem do ator do joelho para cima e privilegia a ação em relação ao cenário. Plano muito comum em filmes de bangue-bangue que mostra o ator e o seu cinturão, prestes a sacar a arma.

Plano de Conjunto (PC)

Tipo de enquadramento feito pelas lentes de uma câmera. Este plano define melhor os elementos a serem captados do que o PG. Nele, pode-se perceber um ator ou grupo de pessoas no cenário, reconhecendo a movimentação em cena, embora a ação não seja visualizada nos mínimos detalhes.

Plano Detalhe

Tipo de enquadramento feito pelas lentes de uma câmera. É um plano bem fechado para destacar pormenores do rosto ou do corpo do ator, sendo uma imagem de forte impacto visual e emocional.

Plano e Contraplano

Tipo de enquadramento feito pelas lentes de uma câmera. É um plano que enquadra dois atores, um de frente para o outro conversando. A câmera se posiciona atrás de um deles, mostrando o ombro e a cabeça da pessoa que está de costas e o rosto e as expressões do ator que está falando.

Plano Geral (PG)

Tipo de enquadramento feito pelas lentes de uma câmera. Este plano apresenta um ângulo de visão menor que o GPG. Mostra, por exemplo, a fachada de uma empresa ou uma praça. Neste plano se percebe a figura humana, mas é difícil reconhecer as personagens e a ação.

Plano Médio (PM)

Tipo de enquadramento feito pelas lentes de uma câmera. Este plano enquadra o ator da cintura para cima ou o diálogo entre duas pessoas.

Plataforma de Gestão e Publicação de Vídeo

Também expresso pelo termo Video Publishing and Management Platforms. Consistem em plataformas que por meio de um sistema de software, cria, edita, hospeda, gere, organiza, publica, transmite e distribui vídeos online de acordo com consistentes regras. O conteúdo digital gerenciado pode inclui além dos vídeos, imagens, anúncios, metadados e outros conteúdos da web. Estas plataformas possuem os seguintes recursos:

  • capacidade de atribuir regras e responsabilidades para diferentes categorias e tipos de conteúdo de vídeo;
  • capacidade de rastrear, enviar e-mail, embedar, editar, redimensionar e distribuir múltiplos vídeos;
  • capacidade de publicar conteúdo de vídeo em vários formatos e players de vídeo;
  • capacidade de adicionar anúncios de sobreposição e acompanhar as estatísticas de uso de vídeo.

Playlist

Lista de conteúdo do vídeo online contendo centenas de sub-conteúdos ou categorias como música, notícias, programas de TV, filmes, esportes, jogos, tecnologia, educação, família, saúde e que pode ser assistida numa ordem sequencial ou embaralhada. Em sites de vídeo como o YouTube e Vimeo, os usuários podem criar listas de reprodução de vídeos.

Player Online

Tocador online embutido nas páginas da Internet que possibilita assistir o vídeo diretamente no navegador.

Podcasts

Arquivos digitais de mídia acessados na Internet ou em dispositivos de mídia portáteis como o iPod. Aliás, a palavra é uma junção de Pod-Personal On Demand (numa tradução literal, pessoal sob demanda) retirada de iPod e broadcast (transmissão de rádio ou televisão). Através dedownload ou streaming direto de sites, o podcast permite a transmissão e distribuição de noticias, áudios, vídeos e informações diversas na internet, o que contribui para a disseminação da informação de maneira fácil, rápida e gratuita. O podcast em vídeo chama-se Videocast.

Pop-up

Janela extra que abre no navegador ao visitar uma página na Web. Muitas vezes são utilizados na Internet para publicidade, mas também podem ser usados para exibir qualquer tipo de conteúdo online, como vídeo.

Pós-Produção

Fase de produção que ocorre após a gravação de um filme ou vídeo. É nesta fase que é feita a edição e a colocação de efeitos especiais, locução, trilha sonora, entre outros componentes de pós-produção.

Primeiro Plano (PP)

Tipo de enquadramento feito pelas lentes de uma câmera. Este plano enquadra um ator na altura do nó da gravata ou do busto para cima. É um plano de caráter psicológico, percebendo-se o estado emocional dos atores e a direção dos olhares.

Primeiríssimo Plano (PPP)

Tipo de enquadramento feito pelas lentes de uma câmera, também conhecido por Close-up. Neste plano, a imagem do rosto de uma pessoa toma todo o quadro. A ação não é percebida, dando-se atenção ao lado emocional transmitido pela expressão facial do ator.

Produção

Processo de produzir um filme ou um vídeo, a partir de uma ideia inicial de uma história, preferencialmente escrita em um roteiro. Uma produção cinematográfica ou de um vídeo pode ocorrer em qualquer lugar do mundo, usando uma variedade de tecnologias e técnicas e sempre requer planejamento e organização. Entre as fases necessárias para produção de um filme estão: criação do roteiro, storyboards, planejamento, equipe técnica, elenco, preparação do set, cenários, figurinos, captação das imagens internas e externas, filmagem, trilha sonora, edição, pós-produção, promoção e finalmente distribuição para um público.

Publicidade

Difusão pública de ideias ou mensagens associadas a empresas, produtos ou serviços, para informar e persuadir. O anúncio publicitário pode ocorrer por meio de apresentações em Flash,podcasts e vídeo na Web.

Publicidade Contextual

Tradução literal de Contextual Ads. É uma ferramenta de marketing que integra os links dos anunciantes (com anúncios de texto, formatos publicitários e vídeo) em páginas de websites com conteúdos relacionados à temática do produto e/ou serviço anunciado, permitindo uma segmentação aprimorada. Assim, quando um usuário entra num site, os anúncios são mostrados com uma adaptação ao seu perfil. Isso é possível porque este sistema escaneia o texto de um site por palavras-chave e apresenta o anúncio com base no que o usuário está vendo. Os anúncios podem ser exibidos na página da web ou como anúncios pop-up.

Pure Streaming

Entrega de conteúdo de mídia através da Internet sem a necessidade de se fazer primeiro o download desta mídia. O conteúdo é entregue diretamente para o usuário através de um servidor dedicado de streaming.

Q

 

Quadro-Chave

Chamado de Keyframe em inglês. É a posição sobre uma linha de tempo (timeline) do vídeo ou filme quando ocorre um evento. Consiste num desenho que define os pontos de início e fim de qualquer transição suave entre imagens. São chamados de “quadros” devido ao fato de que a sua posição na linha de tempo (timeline) é medida em quadros em uma faixa de filme. Uma sequência de quadros-chave define qual movimento o espectador verá.

Quadros por Segundo (qps)

Também expresso pela abreviatura fps (frames per seconds) é a unidade de medida da cadência de um dispositivo audiovisual qualquer, como uma câmera de cinema ou de vídeo, uma webcam, um projetor cinematográfico ou de vídeo, etc. Significa o número de imagens que tal dispositivo registra, processa ou exibe por unidade de tempo. Quanto mais quadros por segundo um vídeo tiver, mais realista será a imagem. Vídeos normalmente trabalham com a mesma cadência da TV, que é de 30 quadros por segundo.

Quartile Reporting

Relatório Quartil em tradução literal é um método para medir a eficácia da reprodução de anúncios de vídeo. A métrica quartil (25%, 50%, 75% e 100%) é usada para medir a porcentagem que o vídeo foi assistido.

R

Redes de Compartilhamento de Vídeo

Tradução literal de Video Sharing Networks. São sites como YouTube e Veoh que permitem que navegadores web compartilhem conteúdo de vídeo com outros usuários na Internet. Estas redes contribuem significativamente para o sucesso do marketing viral e marketing de vídeo na web.

Redes Sociais

Também chamada de Social Networks, representam comunidades online de conteúdo gerado pelo usuário, tais como MySpace e Facebook. Vídeos e outros formatos de conteúdo são facilmente compartilhados por meio de redes sociais, podendo atingir um vasto público.

Regra dos Terços

Termo conhecido por Rule of Thirds é uma diretriz ao processo de composição de imagens visuais, como vídeos, pinturas, fotografias e desenhos. Esta diretriz propõe que a imagem deve ser imaginada sendo dividida por duas linhas horizontais e duas linhas verticais, igualmente espaçadas, resultando em nove partes iguais. O cinegrafista deve escolher um dos quatro pontos de intersecção da linha como um ponto focal. A teoria é que se colocando os pontos de interesse em interseções ou ao longo das linhas, a imagem torna-se mais equilibrada, permitindo para quem a vê uma interação mais natural.

Replays

Refere-se ao número de vezes que um usuário reviu o anúncio no vídeo.

Resposta Direta

É uma abordagem de marketing projetada para gerar uma resposta imediata por parte dos consumidores, através de uma ampla variedade de mídias, incluindo a Internet, clicar em um link, email ou telefone.

Rich Media

Conteúdos digitais interativos e dinâmicos que podem aparecer em formatos de anúncios como banners. Ao usar tecnologias diferentes dos banners comuns, como o Flash ou HTML5, estes anúncios podem incluir vídeos, animação, jogos, fotografias, áudio e tweets. O anúncio pode se expandir, flutuar, se desenrolar, oferecendo mais formas de envolver o público e provocar uma resposta por parte dele. Além disso, anúncios que contam com a interatividade Rich Media permitem métricas instantâneas de comportamento do público, incluindo o número de expansões, saídas múltiplas e conclusões de vídeo.

Roteiro

Documento narrativo utilizado como diretriz para filmes, vídeos, programas de TV ou animação. O roteiro deve correlacionar imagem e áudio. Também dá indicações quanto ao posicionamento das câmeras, iluminação e efeitos audiovisuais. O roteiro também pode indicar, nos diálogos, a entonação do personagem com marcações como “ríspido”, “alegre”, “surpreso”, etc.

RTSP

Sigla de Real Time Streaming Protocol é um protocolo de nível de aplicativo, criado especificamente para controlar a entrega ou transferência de dados em tempo real, como, por exemplo, conteúdo de áudio e vídeo.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.