jan 23

Dicionário de Vídeo de S – Z

Spread the love

Neste artigo daremos continuidade ao Dicionário de Vídeo

Já falamos de M – R, agora iremos descrever S – Z :

S

Sample Rate

Também chamada de Taxa de Amostragem ou Frequência de Amostragem, é o número de amostras por segundo usados para armazenar um som; medida em hertz (Hz) ou kilohertz (kHz).

Sequência

Conjunto de cenas sem cortes que formam uma grande subdivisão da narrativa fílmica. Um filme convencional é formado por sequências, cada uma compreendendo uma etapa mais ou menos separada das outras pelos acontecimentos que desenvolve. Dentro de uma seqüência, pode haver lacunas de tempo, isto é, eventos que se supõe ocorrer, embora não sejam mostrados na tela. A isso, dá-se o nome de elipse.

Serviços de Marcação (Bookmarking) de Vídeo

Serviços que permitem aos usuários gerenciar marcadores para vídeos na Internet.

Single-title (video) Player

Video player que consegue tocar e exibir apenas um único vídeo.

Skins para Players

Em inglês “skin” significa pele. E é justamente essa a função que possuem os skins: trocar a “pele” de tocadores multimídia (players) deixando-os com uma cara inteiramente nova. Alguns temas mais avançados, além de mudar o visual, podem agregar algumas funcionalidades aoplayer, incluindo anúncios, gráficos tridimensionais, efeitos sonoros, etc.

Slow Motion

Efeito especial de cinema e vídeo chamado Câmera Lenta em que os movimentos e ações em quadro são vistos numa duração maior do que a normal, dando a sensação de que o próprio tempo está passando mais devagar. Para que uma imagem em câmera lenta apresente qualidade e toda a riqueza de detalhes, é preciso que a câmera filme em velocidade acelerada. Assim, são necessárias muito mais imagens para formação da cena se comparado com uma filmagem normal, tornando o processo mais caro, uma vez que, no caso da película, é utilizado muito mais material para mostrar menos tempo.

Social Media

Mídia Social é um termo guarda-chuva que abrange diversas atividades que integram tecnologia, interação social e palavras, textos, fotos, imagens, vídeos e áudios. Exemplos de mídias sociais são o Facebook, o Myspace, fóruns, e-mail e qualquer sistema online projetado para permitir a interação social a partir do compartilhamento e da criação colaborativa de informação nos mais diversos formatos. Estas ferramentas de mídia social permitem a produção de conteúdos por qualquer pessoa, de forma descentralizada e sem o controle editorial de grandes grupos. Significa a produção de muitos para muitos.

Social Media Optimization (SMO)

A Otimização de Mídias Sociais consiste num conjunto de ações realizadas nos meios de comunicação social com o objetivo específico de atrair visitantes ao site ou blog e para que este seja mais facilmente achado, mais visível em pesquisas de mídia social e em motores de busca personalizados (como o Google).

Soft Box

Dispositivo de iluminação que se encaixa em torno de uma luz para torná-la mais branda (soft) e difusa.

Sourced Video

Conteúdo apresentado por uma terceira parte (geralmente profissional), com a indicação da fonte (source). Um exemplo é um vídeo com comentários da General Motors sobre um carro, sendo esse vídeo hospedado em um site especializado em automóveis.

Standard Definition (SD)

Durante anos foi a definição padrão para a televisão aberta. A maioria das televisões está mudando para uma definição mais alta de qualidade de vídeo.

Standard Definition Television (SDTV)

A televisão de definição padrão, também conhecida como SDTV, refere-se a sistemas televisivos que tenham uma resolução de imagem que alcance certos padrões, mas que é considerada alta definição. Apresenta 480 linhas entrelaçadas de resolução de imagem vertical e uma proporção de tela de 4:3. SDTVs têm menos pixels e são mais propensas a ruídos de estática e uma má recepção.

Steadicam

Consiste de um sistema em que a câmera é acoplada ao corpo do operador por meio de um colete no qual é instalado um braço dotado de molas que serve para estabilizar as imagens produzidas, dando a impressão de que a câmara flutua.

Stop-motion

Stop motion é uma técnica de animação que utiliza a disposição sequencial de fotografias diferentes de um mesmo objeto inanimado para simular o seu movimento. Os modelos, que podem ser de diversos materiais, são mudados levemente de lugar e fotografados quadro a quadro. Estes quadros são posteriormente montados em uma película cinematográfica, criando a impressão de movimento.

Storyboard

É uma série de ilustrações desenhadas em sequência, obedecendo a um roteiro, com o propósito de pré-visualizar o filme ou o vídeo que ainda será produzido.

Streaming Media

Também chamado de fluxo de mídia. É uma forma de distribuir informação multimídia pela Internet, de modo que os dados possam ser processados como um fluxo regular e contínuo. Emstreaming, um vídeo ou qualquer tipo de mídia é constantemente reproduzida à medida que chega ao usuário, sem precisar ser transferida primeiro para um computador. Os dados são exibidos antes de todo o arquivo ser transmitido.

Syndicated Video

Estratégia de distribuição de um vídeo através de diversos canais de vídeo, além do website do autor do vídeo. Quanto mais canais o vídeo aparecer, maior a chance que as pessoas o assistam. Em suma, é uma estratégia para levar o vídeo para as pessoas em vez de esperar que elas venham até ele.

Syndication

É um método de aumentar o tráfego de um site ou blog, permitindo que outros usuários utilizem o seu conteúdo.

T

Table-top

Equipamento em forma de mesa onde são filmados os desenhos animados, stop-motions etc. A câmera filma de cima para baixo e sobre a mesa, podendo ser transparente e/ou giratória.

Tags

São palavras-chave na Internet que servem como etiquetas para organizar informações agrupando aquelas que receberam a mesma marcação, facilitando encontrar outras relacionadas. As tags podem ser relacionadas a diferentes conteúdos, como vídeos, páginas de sites, postagens de blogs, fotos, programas para download, links, marcadores, mensagens do Twitter. Veja também Metadados.

Talking Heads

Anúncios ou conteúdos apresentados sem qualquer tipo de animação extra ou grafismo. Talking Heads simplesmente apresentam alguém falando sobre algum produto e mais nada.

Tamanho do Vídeo

A quantidade de espaço no disco rígido que um arquivo de vídeo ocupa. Medida em bytes, kilobytes (1000 bytes), megabytes (1000kilobytes), gigabytes (1000 megabytes), terabytes (1000 gigabytes), etc.

Taxa de bits

Também conhecido como Bit Rate. É a quantidade de dados transmitidos por unidade de tempo. O bit rate é medido em ‘bits por segundo’ (bps ou b/s). Este termo é utilizado principalmente quando se fala em distribuição digital de vídeo e de música.

Teleprompter

Equipamento acoplado às câmeras de filmar que permite que uma pessoa possa ler o texto enquanto olha diretamente para a câmera. A marca registrada é TelePrompTer.

Tempo médio de visualização

Tradução literal de Average View Time. É o tempo médio que os expectadores estão passando para assistir ao vídeo.

Thumbnail

Miniaturas que são versões reduzidas de imagens ou de vídeos, usadas para tornar mais fácil o processo de as procurar e reconhecer.

Ticker

Pequeno espaço ou barrinha na tela reservado para headlines (manchetes), promoções e outras peças de informação.

Timecode

Código de oito dígitos que permite a localização exata de pontos de áudio e vídeo durante a edição. É medido em horas, minutos, segundos e frames (quadros). Por exemplo, 01:45:30:15 significa: 1 hora, 45 minutos, 30 segundos e 15 quadros.

Tomada

É cada captura feita de uma determinada parte do filme, com o objetivo de se chegar àquela mais perfeita. A mesma parte pode ser encenada e registrada repetidas vezes, para que seja possível selecionar a melhor, a que será, enfim, utilizada na versão que vai às telas.

Tocador de mídia

Também chamado de media player é qualquer reprodutor multimídia, seja iPod, tablet ou mesmo celular que suporte e execute arquivos em geral como MP3, WMA, WAV, MPEG, VCDs, DVDs, etc. Alguns tocadores mais conhecidos são: Silverjuke, BSplayer, Media Player Classic, Power DVD, MPlayer, Windows Media Player, Winamp, Real Player, iTunes, VLC Media Player, Gom Player e The KMPlayer.

Tour Virtual

É um passeio (tour) virtual de um lugar ou de um produto. É feito pelo Adobe Flash, Java e outros programas, simulando um local existente, geralmente composto por uma seqüência de imagens de vídeo. Este passeio geralmente é panorâmico podendo entrar em ambientes fechados. Também podem conter outros elementos multimídia, como gráficos, efeitos sonoros, música, narração e legendas.

Tracking

Monitoramento de usuários de vídeos na Web a fim de coletar métricas como tipo de conteúdo que estão vendo, duração dos vídeos assistidos, quanto tempo um usuário passa assistindo vídeos e quantos usuários um vídeo pode atrair. Programas como o Adobe Flash realizam este monitoramento.

Travelling

É o movimento da câmera em que esta realmente se desloca no espaço – em oposição aos movimentos de Panorâmica (PAN), nos quais a câmera apenas gira sobre o seu próprio eixo, sem se deslocar. No entanto, a câmera está fixa sobre uma superfície que se movimenta, geralmente numa grua, numa dolly com ou sem trilhos, numa câmera dentro de um veículo em movimento, num helicóptero, etc. Deslocamentos feitos com steadicam também são considerados travellings.

Travelling de Acompanhamento

Quando a câmera segue o movimento de um personagem, veículo, animal ou objeto em movimento (ao lado, à frente ou por trás). Transmite a sensação real do movimento e do espaço que está sendo percorrido.

Travelling de Aproximação e Afastamento

Diferente do zoom-in e zoom-out, pois nesse movimento a câmera se aproxima ou se afasta de um elemento da cena de forma natural, reproduzindo o deslocamento real de uma pessoa para chegar até um determinado ponto.

Tripod

Suporte tripé para câmera de vídeo, que previne trepidações e movimentos indesejados durante a filmagem.

U

V

Video Ad Experience

Termo em inglês usado para descrever de qual fonte vem a experiência da publicidade em vídeo. Este documento descreve três fontes: In-Stream Video Ad, In-Banner Video Ad e In-Text Video Ad.

Video API

É um vídeo com Interface de Programação de Aplicativos, permitindo que um programa se comunique com outro programa.

Video Assets

Termo em inglês para o conteúdo em vídeo de uma empresa, corporação ou indivíduo que pode ser utilizado para gerar ou manter algum tipo de benefício financeiro.

Videocast

Bastante parecido com o Podcast (arquivo em áudio), a diferença básica é que o arquivo é disponibilizado em vídeo.

Videoconferência

Tecnologia que permite o contato visual e sonoro entre pessoas que estão em lugares diferentes, dando a sensação de que os interlocutores encontram-se no mesmo local. Permite não só a comunicação entre um grupo, mas também a comunicação pessoa-a-pessoa. Essa comunicação é feita em tempo real. Existem vários sistemas de videoconferência que oferecem ainda recursos de cooperação entre os usuários, compartilhando informações e materiais de trabalho.

Vídeo de Curta Duração

Conceitualmente é um vídeo com até 5 minutos de duração. Mas, usualmente são vídeos entre 30 segundos e 3 minutos de duração. Atualmente, é o formato mais frequente na Internet.

Video E-commerce

Vídeo usado como meio para uma transação monetária eletrônica. Isso é possível usando-se links no próprio vídeo ou que leva o usuário para um site ou página para fechamento da compra. Em lojas virtuais, vídeos colocados nas páginas de detalhes de produtos costumam atrair mais clientes.

Video Gerado pelo Público

Termo também conhecido como User-Generated Video (UGV), refere-se a vídeos criados pelo público em geral e colocados diretamente em sites como YouTube, My Space, Videolog, entre outros.

Vídeo Interativo

Vídeo online que permite aos espectadores interagirem e manipularem o conteúdo de vídeo, ao clicar sobre ele. Por exemplo, um usuário pode clicar para assistir a partir de diferentes ângulos ou clicar sobre um produto para descobrir mais informações ou para comprá-lo e muito mais.

Video Jornalístico

Conteúdo filmado, editado e publicado pelo próprio jornalista ou blogueiro ou qualquer pessoa para propósitos pessoais ou profissionais.

Video Mixer

Também chamado de Switcher ou Misturador de Vídeo. É um dispositivo usado para alternar e selecionar entre várias fontes e formatos diferentes de vídeo, criando efeitos especiais e um visual mais interessante. É semelhante ao que um console de mixagem faz para o áudio. O Video Mixersimplifica a produção, gravação, edição e transmissão de eventos ao vivo.

Video on Demand (VOD)

É uma solução que permite aos usuários selecionar e assistir conteúdo de vídeo sob demanda, no momento que desejar e sem sair da sua casa. Por meio de uma página Web na tela da TV, o assinante pode escolher diferentes tipos de filmes, vídeos e programas de TV que estejam disponíveis em VOD. A solução consiste em enviar conteúdos em formato de vídeo, utilizando redes de banda larga de operadoras de comunicação.

Video Online

Qualquer formato de vídeo digital viável para ser usado na Internet.

Video Player

Tocador de vídeo, também chamado de media player, usado para a reprodução de vídeos digitais, incluindo discos ópticos (DVD, VCD) e arquivos de computador.

Vídeo Promocional

Conteúdo desenvolvido para promover uma empresa, uma marca, um produto, etc. Esses vídeos não geram receita direta por si só, mas quando divulgados podem aumentar o interesse no objeto promocional e indiretamente aumentar a receita.

Vídeo SEO

Video Search Engine Optimization – Processo de maximizar a indexabilidade e melhorar oranking (classificação) de um vídeo em motores de busca na Web.

Video Takeover

Quando o conteúdo em vídeo substitui uma forma anterior de transmitir informações. Um exemplo é quando uma entrevista em vídeo substitui uma entrevista por escrito. Essa é uma tendência crescente na Internet.

Video Viral

Vídeo que ganha atenção generalizada na Internet. Divulgado por meio de vodcasts, e-mails, blogs, mensagens instantâneas ou ferramentas de mídia na Web. Vídeos virais são reconhecidos por ser centenas de vezes mais eficaz do que a publicidade tradicional e por ser um dos meios mais eficazes de marketing de vídeo na Web.

Views

Visualizações de um vídeo. 1500 views por exemplo, significa que o vídeo foi visto 1500 vezes.

Viewthrough

Métrica específica para publicidade em vídeo online. Mostra se as pessoas assistiram ao um anúncio inteiramente, do início ao fim.

Visitas

Representam o número de sessões individuais iniciadas por todos os visitantes em um site. Se um visitante estiver inativo no site durante 30 minutos ou mais, qualquer atividade futura será atribuída a uma nova sessão. Os visitantes que deixam o site e voltam dentro de 30 minutos são contabilizados como parte da sessão original.

Vlog (Videoblog)

É a versão em vídeo dos blogs. Geralmente a mídia é feita a partir da gravação e edição de vídeos pessoais e os assuntos debatidos são bastante diversificados e livres. Os vídeos são exibidos diretamente em uma página, juntamente com texto de apoio e imagens.

W

Walkthrough

Animação que simula um passeio virtual de um lugar ou de um produto. Muito utilizado em vídeos de empreendimentos imobiliários (real estate).

Web Analytics

O uso de metadados e informações coletadas de websites para determinar o comportamento dos navegadores, com o objetivo de entender e otimizar o uso dos sites e páginas na Internet. Existem dois métodos mais comuns de coleta e análise dos dados: a Análise de Log (ou Log Analysis) que trabalha com os registros (logs) automaticamente gerados do servidor web ou pela Análise de Tag (ou Page Tagging) que utiliza marcações nas páginas. Web Analytics inclui relatórios de tráfego, taxas de resposta de e-mail, campanhas de marketing direto, entre outros.

Webcam

Câmera de vídeo de baixo custo ligada ao computador por conexões USB. Usada para videoconferência, transmissão de videomail (e-mail com vídeo anexo), gravações de vídeo, tirar fotos digitais, monitoramento de ambientes, entre outras aplicações. Existem webcams de baixa ou de alta resolução (acima de 2.0 megapixels), com ou sem microfones acoplados. Algumas vêm com leds que iluminam o ambiente quando há pouca ou nenhuma luz externa.

Webcast

Transmissão de áudio e vídeo utilizando a tecnologia streaming media. O webcast pode ser utilizado por meio da Internet ou redes corporativas (intranet). Empresas que precisam comunicar com um grande número de filiais espalhadas pelo mundo de forma rápida, eficiente e barata utilizam esta solução.

Web Video Marketing

Estratégia de negócio que emprega novas tecnologias, como os dispositivos móveis e recursos avançados da Internet, incluindo redes de distribuição de conteúdo para aumentar a eficiência operacional do Serviço ao Cliente, Meios de Comunicação e Negócios Corporativos. O Marketing para Web Video tem ampla variedade de usos, incluindo campanhas de marketing, entrevistas, depoimentos, treinamentos, tour virtuais, estudos de casos e seminários via web. Independentemente do segmento de atuação, qualquer negócio pode se beneficiar com o Web Video.

Widget

Componente de uma interface gráfica do usuário (GUI). São exemplos de widgets: barras de rolagem, botões, ícones, menus, caixas de texto.

Windows Media Player (WMP)

Programa reprodutor de mídia digital (áudio e vídeo) em computadores pessoais. Produzido pela Microsoft, está disponível gratuitamente para o Microsoft Windows, além de outras plataformas, como Pocket PC e Mac OS.

wmv / wma

Siglas de Windows Media Video (WMV) e Windows Media Audio (WMA) são formatos de vídeo desenvolvidos pela Microsoft. Podem ser executados em tocadores de mídia como o Windows Media Player.

Workprint (WP)

É uma cópia do filme que ainda não foi finalizada. Pode conter cenas incompletas e a qualidade pode variar. Alguns WPs são muito diferentes da cópia final, podendo conter cenas extras. Podem ser boas aquisições para quem gosta de colecionar e já tema em mãos a versão final.

X

Y

YouTube
A plataforma de vídeos do Google, e por enquanto a segunda maior ferramenta de busca de toda a internet.

YouTube Ads
Anúncios feitos exclusivamente para a plataforma YouTube, utilizando seus espaços para anunciar, seja em busca (search) ou em banners (display).

YouTubers
Nome atribuído àqueles que trabalham e tem conteúdo na plataforma YouTube. Não existe uma regra para ser considerado um YouTuber, mas em sua maioria, o mínimo é ter consistência para publicação de vídeos na plataforma.

 

Z

Zoom (óptico e digital)
O zoom óptico é o zoom real, capaz de ampliar uma imagem de forma real, como faz um binóculo. Funciona através de um jogo de lentes, onde o foco principal é alterado. Já o zoom digital é um artifício tecnológico e não utiliza lentes. Pelo zoom digital a câmera apenas “amplia” os pixels de parte da imagem capturada, aumentando apenas uma parte da imagem em vez de aproximar todo o quadro. O zoom digital pode até ser mais poderoso em termos de recursos, mas as imagens podem sair mais granuladas.

Zoom-in e Zoom-out
É um recurso de lente que possibilita aproximar uma imagem para um plano mais próximo (zoom-in), ou afastar um objeto ou uma pessoa (zoom-out).

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.